Novas receitas

Por que as pessoas que não comem queijo na pizza são pessoas ruins

Por que as pessoas que não comem queijo na pizza são pessoas ruins

Basta comer o queijo, é pizza!

O queijo é bom. Deixe isso pra lá.

Há um contingente de pessoas lá fora que tiram o queijo de a pizza deles antes de comerem. Agora mesmo.

Por que diabos você tiraria o queijo de uma fatia de pizza, mesmo que seja de uma rede? Há apenas um motivo para cometer essa abominação: porque o queijo tem calorias e você está tentando comer de forma saudável. Bem, adivinhe? Você está comendo pizza, e pizza não é saudável! Lide com isso. Coma a pizza ou não, mas não tire o maldito queijo primeiro.

Você sabe o que ganha quando tira todo o queijo de uma fatia de pizza? Um triângulo estranhamente mole de pão achatado, talvez com um pouco de molho sobrando e uma pilha de queijo triste e morto sobrando. Por que você comeria isso? Você não está realizando nada! E adivinha? O pão também não é saudável! Tem carboidratos! Corra para as colinas!

Se você vai comer uma fatia de pizza, apenas coma a maldita fatia de pizza. Não brinque com isso, não fique obcecado com o queijo e sua contagem de calorias, apenas fique feliz por viver em uma sociedade onde existe pizza incrível e passe um pouco mais de tempo na esteira amanhã.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - às vezes também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto nível, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o mais famoso promotor da dieta carnívora. Seu próximo livro sobre a dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é bem radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É aqui que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que eliminam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. Dizer que esses compostos vegetais são perigosos é falso. Na verdade, em minha área, é um fato amplamente aceito que alimentos vegetais são ótimos para você.

As gorduras saturadas - embora não sejam as culpadas em que acreditávamos - não foram totalmente justificadas no que diz respeito ao risco de doenças cardiovasculares. Diferentes pessoas reagem de maneiras diferentes às gorduras saturadas - algumas pessoas & # x27s colesterol sobe mais alto e mais rápido do que outras em uma dieta rica em gordura saturada. Só porque o colesterol de um carnívoro que faz dieta não parece pior para o desgaste de sua dieta exclusivamente de carne, isso não significa que a dieta seja inofensiva para a nossa saúde. Novamente, não houve nenhum estudo de longo prazo feito com essa dieta.

Por mais que uma dieta apenas com carne não tenha se mostrado fisicamente saudável, acho que as razões psicológicas para evitar uma dieta restritiva como esta podem ser ainda mais convincentes. Já vi pessoas se gabarem online, por exemplo, de quantos bifes comem por dia, sem nunca se cansar dessa dieta. E embora isso possa ou não ser verdade para esses indivíduos, não é um bom motivo para todos adotarem essa forma de alimentação. Nem mesmo perto.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - às vezes também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto nível, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o mais famoso promotor da dieta carnívora. Seu próximo livro sobre dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é bem radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É aqui que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que eliminam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. Dizer que esses compostos vegetais são perigosos é falso. Na verdade, na minha área, é um fato amplamente aceito que os alimentos vegetais são ótimos para você.

As gorduras saturadas - embora não sejam as culpadas em que acreditávamos - não foram totalmente justificadas no que diz respeito ao risco de doenças cardiovasculares. Diferentes pessoas reagem de maneiras diferentes às gorduras saturadas - algumas pessoas & # x27s colesterol sobe mais alto e mais rápido do que outras em uma dieta rica em gordura saturada. Só porque o colesterol de um carnívoro que faz dieta não parece pior para o desgaste de sua dieta exclusivamente de carne, isso não significa que a dieta seja inofensiva para a nossa saúde. Novamente, não houve nenhum estudo de longo prazo feito com essa dieta.

Por mais que uma dieta apenas com carne não tenha se mostrado fisicamente saudável, acho que as razões psicológicas para evitar uma dieta restritiva como esta podem ser ainda mais convincentes. Já vi pessoas se gabarem online, por exemplo, de quantos bifes comem por dia, sem nunca se cansar dessa dieta. E embora isso possa ou não ser verdade para esses indivíduos, não é um bom motivo para todos adotarem essa forma de alimentação. Nem mesmo perto.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto perfil, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o promotor de dieta carnívoro mais famoso. Seu próximo livro sobre a dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é bem radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É por isso que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que eliminam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. Dizer que esses compostos vegetais são perigosos é falso. Na verdade, em minha área, é um fato amplamente aceito que alimentos vegetais são ótimos para você.

As gorduras saturadas - embora não sejam as culpadas em que acreditávamos - não foram totalmente justificadas no que diz respeito ao risco de doenças cardiovasculares. Diferentes pessoas reagem de maneiras diferentes às gorduras saturadas - algumas pessoas & # x27s colesterol sobe mais alto e mais rápido do que outras em uma dieta rica em gordura saturada. Só porque o colesterol de um carnívoro que faz dieta não parece pior para o desgaste de sua dieta exclusivamente de carne, isso não significa que a dieta seja inofensiva para a nossa saúde. Novamente, não houve nenhum estudo de longo prazo feito com essa dieta.

Por mais que uma dieta apenas com carne não tenha se mostrado fisicamente saudável, acho que as razões psicológicas para evitar uma dieta restritiva como esta podem ser ainda mais convincentes. Já vi pessoas se gabarem online, por exemplo, de quantos bifes comem por dia, sem nunca se cansar dessa dieta. E embora isso possa ou não ser verdade para esses indivíduos, não é um bom motivo para todos adotarem essa forma de alimentação. Nem mesmo perto.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto perfil, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o mais famoso promotor da dieta carnívora. Seu próximo livro sobre a dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é bem radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É aqui que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que cortam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. Dizer que esses compostos vegetais são perigosos é falso. Na verdade, na minha área, é um fato amplamente aceito que os alimentos vegetais são ótimos para você.

As gorduras saturadas - embora não sejam as culpadas em que acreditávamos - não foram totalmente justificadas no que diz respeito ao risco de doenças cardiovasculares. Diferentes pessoas reagem de maneiras diferentes às gorduras saturadas - algumas pessoas & # x27s colesterol sobe mais alto e mais rápido do que outras em uma dieta rica em gordura saturada. Só porque o colesterol de um carnívoro que faz dieta não parece pior para o desgaste de sua dieta exclusivamente de carne, isso não significa que a dieta seja inofensiva para a nossa saúde. Novamente, não houve nenhum estudo de longo prazo feito com essa dieta.

Por mais que uma dieta apenas com carne não tenha se mostrado fisicamente saudável, acho que as razões psicológicas para evitar uma dieta restritiva como esta podem ser ainda mais convincentes. Já vi pessoas se gabarem online, por exemplo, de quantos bifes comem por dia, sem nunca se cansar dessa dieta. E embora isso possa ou não ser verdade para esses indivíduos, não é um bom motivo para todos adotarem essa forma de alimentação. Nem mesmo perto.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - às vezes também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto nível, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o mais famoso promotor da dieta carnívora. Seu próximo livro sobre a dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é muito radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É aqui que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que cortam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. Dizer que esses compostos vegetais são perigosos é falso. Na verdade, em minha área, é um fato amplamente aceito que alimentos vegetais são ótimos para você.

As gorduras saturadas - embora não sejam as culpadas em que acreditávamos - não foram totalmente justificadas no que diz respeito ao risco de doenças cardiovasculares. Diferentes pessoas reagem de maneiras diferentes às gorduras saturadas - algumas pessoas & # x27s colesterol sobe mais alto e mais rápido do que outras em uma dieta rica em gordura saturada. Só porque o colesterol de um carnívoro que faz dieta não parece pior para o desgaste de sua dieta exclusivamente de carne, isso não significa que a dieta seja inofensiva para a nossa saúde. Novamente, não houve nenhum estudo de longo prazo feito com essa dieta.

Por mais que uma dieta apenas com carne não tenha se mostrado fisicamente saudável, acho que as razões psicológicas para evitar uma dieta restritiva como esta podem ser ainda mais convincentes. Já vi pessoas se gabarem online, por exemplo, de quantos bifes comem por dia, sem nunca se cansar dessa dieta. E embora isso possa ou não ser verdade para esses indivíduos, não é um bom motivo para todos adotarem essa forma de alimentação. Nem mesmo perto.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto perfil, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o mais famoso promotor da dieta carnívora. Seu próximo livro sobre a dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é bem radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É aqui que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que eliminam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. Dizer que esses compostos vegetais são perigosos é falso. Na verdade, em minha área, é um fato amplamente aceito que alimentos vegetais são ótimos para você.

As gorduras saturadas - embora não sejam as culpadas em que acreditávamos - não foram totalmente justificadas no que diz respeito ao risco de doenças cardiovasculares. Pessoas diferentes reagem de maneiras diferentes às gorduras saturadas - o colesterol de algumas pessoas sobe mais alto e mais rápido do que outras com uma dieta rica em gordura saturada. Só porque o colesterol de um carnívoro que faz dieta não parece pior para o desgaste de sua dieta exclusivamente de carne, isso não significa que a dieta seja inofensiva para a nossa saúde. Novamente, não houve nenhum estudo de longo prazo feito com essa dieta.

Por mais que uma dieta apenas com carne não tenha se mostrado fisicamente saudável, acho que as razões psicológicas para evitar uma dieta restritiva como esta podem ser ainda mais convincentes. Já vi pessoas se gabarem online, por exemplo, de quantos bifes comem por dia, sem nunca se cansar dessa dieta. E embora isso possa ou não ser verdade para esses indivíduos, não é um bom motivo para todos adotarem essa forma de alimentação. Nem mesmo perto.


Sou um nutricionista registrado e realmente não quero que você coma uma dieta carnívora

Você não poderia comer nada além de bife e ovos pelo resto de sua vida? Isso é o que está no menu para a última moda, a dieta carnívora, também chamada de zero carboidratos. Dieta ceto? Isso é tão 2017.

Na dieta carnívora - também chamada de zero carboidrato - você só pode comer produtos de origem animal. Portanto, nada de vegetais, frutas, grãos, legumes, nozes, sementes ou qualquer amido. Produtos lácteos são permitidos, mas alguns carnívoros os evitam porque a lactose é um açúcar. A definição usada pelo subreddit r / zerocarb, uma comunidade de 49.000 membros, diz tudo: “Nós só comemos carne e produtos de origem animal. Não consumimos plantas para obter nutrientes ou calorias. Alguns produtos de origem animal contêm carboidratos (por exemplo, laticínios), a maioria deles é aceitável. ”

Tem sido notícia recentemente por causa de alguns adeptos de alto perfil, como o psicólogo canadense Jordan Peterson e sua filha, Mikhaila, que credita sua dieta carnívora com remissão de sua artrite, depressão e "uma infinidade de outros sintomas". O Dr. Shawn Baker, um cirurgião ortopédico baseado na Califórnia cuja licença para praticar medicina no Novo México foi revogada em 2017, é talvez o mais famoso promotor da dieta carnívora. Seu próximo livro sobre a dieta afirma que doenças comuns "que muitas vezes são consideradas para toda a vida e progressivas, muitas vezes são revertidas com esta dieta".

É claro que não é possível dizer que todos os proponentes da dieta carnívora fazem isso pelas mesmas razões ou acreditam nas mesmas coisas, mas falando de maneira geral, os entusiastas da dieta carnívora acreditam que a dieta será benéfica para qualquer um ou todos os seguintes: perda de peso, digestão , níveis de testosterona, saúde cardiovascular, cura / reversão de doenças, humor e níveis de energia. Nenhuma dessas alegações foi comprovada ou demonstrada por meio de estudos ou pesquisas.

Em termos de dietas em geral, estou aberto ao fato de que diferentes formas de alimentação funcionam para diferentes pessoas. Eu não posso, no entanto, deixar de lado as mono-dietas ou as afirmações que muitos defensores da dieta carnívora estão fazendo.

E embora eu tenha visto muitas dietas extremas ir e vir, esta é bem radical. A demonização de carboidratos, glúten, grãos e legumes por seus proponentes está realmente em um nível totalmente novo, apesar do fato de que a dieta ainda não foi estudada, então não há pesquisas que apoiem essas afirmações. Muitos acreditam que grãos, legumes e sementes contêm “antinutrientes” e que frutas e outros carboidratos são tóxicos. Como não há ciência para apoiar essas alegações (na verdade, no caso dos antinutrientes, a ciência é que eles não são prejudiciais), todas as "evidências" de que a dieta funciona vêm de anedotas pessoais. Mas anedotas não provam se uma dieta é legítima ou não.

É por isso que uma dieta só com carne é uma má ideia.

A carne é pura proteína e gordura. Você verá frequentemente pessoas que eliminam certos tipos de alimentos de sua dieta usando o argumento de que "Você não precisa de X para viver", sendo X plantas, laticínios, o que for. Isso pode ser verdade - não precisamos da existência de plantas, mas seus fitoquímicos, nutrientes e fibras são benéficos para nossa saúde. Alguns alimentos vegetais contêm antinutrientes, mas a maioria é destruída pelo cozimento ou por nossas enzimas digestivas. To say that these plant compounds are dangerous is false. In fact, in my field, it’s a widely accepted fact that plant foods are great for you.

Saturated fats—while not the culprit we once believed—have not been vindicated entirely when it comes to cardiovascular disease risk. Different people react differently to saturated fats—some people's cholesterol rises higher and faster than others on a diet high in saturated fat. Just because a carnivore dieter’s cholesterol doesn’t seem any worse for the wear on their all-meat diet, it doesn’t mean that the diet is harmless to our health. Again, there have been zero long-term studies done on this diet.

As much as a meat-only diet hasn’t been shown to be physically healthy, I think the psychological reasons to avoid a restrictive diet like this one might be even more compelling. I’ve seen people boast online about, for example, how many steaks they eat in a day, without ever getting bored of this diet. And while that may or may not be true for those individuals, it’s not a good reason for everyone to adopt this way of eating. Nem mesmo perto.


I'm a Registered Dietitian and I Really Don't Want You to Eat a Carnivore Diet

Could you eat nothing but steak and eggs for the rest of your life? That’s what’s on the menu for the latest fad, the carnivore diet, also called zero carb. Keto diet? That’s so 2017.

On the carnivore diet—also sometimes called zero carb—you can eat animal products only. So, no vegetables, fruit, grains, legumes, nuts, seeds, or any starches. Dairy products are allowed, but some carnivore dieters avoid them because lactose is a sugar. The definition used by the subreddit r/zerocarb, a 49,000-member community says it all: “We only eat meat and animal products. We do not consume plants for nutrients or calories. Some animal products contain carbs (e.g. dairy), most of those are acceptable.”

It’s been in the news lately because of some high-profile adherents, like Canadian psychologist Jordan Peterson and his daughter, Mikhaila, who credits her carnivore diet with remission from her arthritis, depression, and “a plethora of other symptoms.” Dr. Shawn Baker, a California-based orthopedic surgeon whose license to practice medicine in New Mexico was revoked in 2017, is perhaps the most high-profile carnivore diet promoter. His forthcoming book on the diet claims that common diseases “that are often thought to be lifelong and progressive are often reversed on this diet.”

Of course it’s not possible to say that all carnivore diet proponents do it for the same reasons or believe in the same things, but broadly speaking, carnivore diet enthusiasts believe the diet will be beneficial for any or all of the following: weight loss, digestion, testosterone levels, cardiovascular health, curing/reversing disease, mood, and energy levels. None of these claims have been proven or shown through studies or research.

In terms of diets overall, I’m open to the fact that different ways of eating work for different people. I can’t, however, get behind mono-diets or the claims that many proponents of the carnivore diet are making.

And while I’ve seen a lot of extreme diets come and go, this one is pretty radical. Its proponents’ demonization of carbs, gluten, grains, and legumes is truly at a whole new level, despite the fact that the diet has yet to be studied, so there’s no research supporting those claims. Many believe that grains, legumes, and seeds contain “antinutrients” and that fruit and other carbs are toxic. Because there’s no science to support those claims (in fact, in the case of antinutrients, the science is that they’re not harmful), all the “evidence” that the diet works comes from personal anecdotes. But anecdotes don’t prove whether or not a diet is legit.

Here’s why an all-meat diet is a bad idea.

Meat is pure protein and fat. You'll frequently see people who cut certain food types out of their diet use the argument that “You don't need X to live,” X being plants, dairy, whatever. This may be true—we don't need plants to exist, but their phytochemicals, nutrients, and fiber are beneficial to our health. Some plant foods do have antinutrients in them, but most are destroyed by cooking or by our digestive enzymes. To say that these plant compounds are dangerous is false. In fact, in my field, it’s a widely accepted fact that plant foods are great for you.

Saturated fats—while not the culprit we once believed—have not been vindicated entirely when it comes to cardiovascular disease risk. Different people react differently to saturated fats—some people's cholesterol rises higher and faster than others on a diet high in saturated fat. Just because a carnivore dieter’s cholesterol doesn’t seem any worse for the wear on their all-meat diet, it doesn’t mean that the diet is harmless to our health. Again, there have been zero long-term studies done on this diet.

As much as a meat-only diet hasn’t been shown to be physically healthy, I think the psychological reasons to avoid a restrictive diet like this one might be even more compelling. I’ve seen people boast online about, for example, how many steaks they eat in a day, without ever getting bored of this diet. And while that may or may not be true for those individuals, it’s not a good reason for everyone to adopt this way of eating. Nem mesmo perto.


I'm a Registered Dietitian and I Really Don't Want You to Eat a Carnivore Diet

Could you eat nothing but steak and eggs for the rest of your life? That’s what’s on the menu for the latest fad, the carnivore diet, also called zero carb. Keto diet? That’s so 2017.

On the carnivore diet—also sometimes called zero carb—you can eat animal products only. So, no vegetables, fruit, grains, legumes, nuts, seeds, or any starches. Dairy products are allowed, but some carnivore dieters avoid them because lactose is a sugar. The definition used by the subreddit r/zerocarb, a 49,000-member community says it all: “We only eat meat and animal products. We do not consume plants for nutrients or calories. Some animal products contain carbs (e.g. dairy), most of those are acceptable.”

It’s been in the news lately because of some high-profile adherents, like Canadian psychologist Jordan Peterson and his daughter, Mikhaila, who credits her carnivore diet with remission from her arthritis, depression, and “a plethora of other symptoms.” Dr. Shawn Baker, a California-based orthopedic surgeon whose license to practice medicine in New Mexico was revoked in 2017, is perhaps the most high-profile carnivore diet promoter. His forthcoming book on the diet claims that common diseases “that are often thought to be lifelong and progressive are often reversed on this diet.”

Of course it’s not possible to say that all carnivore diet proponents do it for the same reasons or believe in the same things, but broadly speaking, carnivore diet enthusiasts believe the diet will be beneficial for any or all of the following: weight loss, digestion, testosterone levels, cardiovascular health, curing/reversing disease, mood, and energy levels. None of these claims have been proven or shown through studies or research.

In terms of diets overall, I’m open to the fact that different ways of eating work for different people. I can’t, however, get behind mono-diets or the claims that many proponents of the carnivore diet are making.

And while I’ve seen a lot of extreme diets come and go, this one is pretty radical. Its proponents’ demonization of carbs, gluten, grains, and legumes is truly at a whole new level, despite the fact that the diet has yet to be studied, so there’s no research supporting those claims. Many believe that grains, legumes, and seeds contain “antinutrients” and that fruit and other carbs are toxic. Because there’s no science to support those claims (in fact, in the case of antinutrients, the science is that they’re not harmful), all the “evidence” that the diet works comes from personal anecdotes. But anecdotes don’t prove whether or not a diet is legit.

Here’s why an all-meat diet is a bad idea.

Meat is pure protein and fat. You'll frequently see people who cut certain food types out of their diet use the argument that “You don't need X to live,” X being plants, dairy, whatever. This may be true—we don't need plants to exist, but their phytochemicals, nutrients, and fiber are beneficial to our health. Some plant foods do have antinutrients in them, but most are destroyed by cooking or by our digestive enzymes. To say that these plant compounds are dangerous is false. In fact, in my field, it’s a widely accepted fact that plant foods are great for you.

Saturated fats—while not the culprit we once believed—have not been vindicated entirely when it comes to cardiovascular disease risk. Different people react differently to saturated fats—some people's cholesterol rises higher and faster than others on a diet high in saturated fat. Just because a carnivore dieter’s cholesterol doesn’t seem any worse for the wear on their all-meat diet, it doesn’t mean that the diet is harmless to our health. Again, there have been zero long-term studies done on this diet.

As much as a meat-only diet hasn’t been shown to be physically healthy, I think the psychological reasons to avoid a restrictive diet like this one might be even more compelling. I’ve seen people boast online about, for example, how many steaks they eat in a day, without ever getting bored of this diet. And while that may or may not be true for those individuals, it’s not a good reason for everyone to adopt this way of eating. Nem mesmo perto.


I'm a Registered Dietitian and I Really Don't Want You to Eat a Carnivore Diet

Could you eat nothing but steak and eggs for the rest of your life? That’s what’s on the menu for the latest fad, the carnivore diet, also called zero carb. Keto diet? That’s so 2017.

On the carnivore diet—also sometimes called zero carb—you can eat animal products only. So, no vegetables, fruit, grains, legumes, nuts, seeds, or any starches. Dairy products are allowed, but some carnivore dieters avoid them because lactose is a sugar. The definition used by the subreddit r/zerocarb, a 49,000-member community says it all: “We only eat meat and animal products. We do not consume plants for nutrients or calories. Some animal products contain carbs (e.g. dairy), most of those are acceptable.”

It’s been in the news lately because of some high-profile adherents, like Canadian psychologist Jordan Peterson and his daughter, Mikhaila, who credits her carnivore diet with remission from her arthritis, depression, and “a plethora of other symptoms.” Dr. Shawn Baker, a California-based orthopedic surgeon whose license to practice medicine in New Mexico was revoked in 2017, is perhaps the most high-profile carnivore diet promoter. His forthcoming book on the diet claims that common diseases “that are often thought to be lifelong and progressive are often reversed on this diet.”

Of course it’s not possible to say that all carnivore diet proponents do it for the same reasons or believe in the same things, but broadly speaking, carnivore diet enthusiasts believe the diet will be beneficial for any or all of the following: weight loss, digestion, testosterone levels, cardiovascular health, curing/reversing disease, mood, and energy levels. None of these claims have been proven or shown through studies or research.

In terms of diets overall, I’m open to the fact that different ways of eating work for different people. I can’t, however, get behind mono-diets or the claims that many proponents of the carnivore diet are making.

And while I’ve seen a lot of extreme diets come and go, this one is pretty radical. Its proponents’ demonization of carbs, gluten, grains, and legumes is truly at a whole new level, despite the fact that the diet has yet to be studied, so there’s no research supporting those claims. Many believe that grains, legumes, and seeds contain “antinutrients” and that fruit and other carbs are toxic. Because there’s no science to support those claims (in fact, in the case of antinutrients, the science is that they’re not harmful), all the “evidence” that the diet works comes from personal anecdotes. But anecdotes don’t prove whether or not a diet is legit.

Here’s why an all-meat diet is a bad idea.

Meat is pure protein and fat. You'll frequently see people who cut certain food types out of their diet use the argument that “You don't need X to live,” X being plants, dairy, whatever. This may be true—we don't need plants to exist, but their phytochemicals, nutrients, and fiber are beneficial to our health. Some plant foods do have antinutrients in them, but most are destroyed by cooking or by our digestive enzymes. To say that these plant compounds are dangerous is false. In fact, in my field, it’s a widely accepted fact that plant foods are great for you.

Saturated fats—while not the culprit we once believed—have not been vindicated entirely when it comes to cardiovascular disease risk. Different people react differently to saturated fats—some people's cholesterol rises higher and faster than others on a diet high in saturated fat. Just because a carnivore dieter’s cholesterol doesn’t seem any worse for the wear on their all-meat diet, it doesn’t mean that the diet is harmless to our health. Again, there have been zero long-term studies done on this diet.

As much as a meat-only diet hasn’t been shown to be physically healthy, I think the psychological reasons to avoid a restrictive diet like this one might be even more compelling. I’ve seen people boast online about, for example, how many steaks they eat in a day, without ever getting bored of this diet. And while that may or may not be true for those individuals, it’s not a good reason for everyone to adopt this way of eating. Nem mesmo perto.


Assista o vídeo: O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ PENSA MUITO EM UMA PESSOA? (Janeiro 2022).