Novas receitas

Receita de geléia de ameixa da Nan

Receita de geléia de ameixa da Nan

  • Receitas
  • Tipo de prato
  • Conserva
  • Geléia
  • Geléia de ameixa

Uma fantástica geléia de ameixa com especiarias, ótima para torradas ou, para as manhãs de inverno, adicione alguns bocados ao seu mingau! A receita original, que era da minha Nan e originalmente em medidas imperiais, era para tanto açúcar quanto frutas, mas eu converti para métrica, abaixei o açúcar e adicionei essência de baunilha e usei 1/2 açúcar, 1/2 Splenda® e funciona tão bem. Você fica mais parecido com uma consistência de chutney bem grossa, em vez de uma geleia definida.


Lancashire, Inglaterra, Reino Unido

43 pessoas fizeram isso

IngredientesRende: 3 frascos de 450g (aproximadamente)

  • 1,3 kg de ameixas sem caroço e picadas grosseiramente (Victoria)
  • 500g de açúcar refinado
  • 50g de Splenda® ou outro substituto do açúcar equivalente a 500g de açúcar
  • 5 colheres de chá de canela em pó
  • 5 colheres de chá de extrato de baunilha

MétodoPreparação: 30min ›Cozimento: 30min› Pronto em: 1hr

  1. Leve o forno a 120 C e enquanto ele está esquentando coloque seus potes em uma assadeira e coloque-os na prateleira de baixo. Deixe agir por pelo menos meia hora (boa ideia, depois comece a picar e lapidar as ameixas).
  2. Coloque também as tampas (se estiver usando) em uma panela com água e encha-as até o topo. Em seguida, coloque para ferver por pelo menos 5 minutos para esterilizá-los. Coloque algumas colheres de mesa (de metal) no freezer (para testar a geléia quando estiver pronta).
  3. Coloque todos os ingredientes em uma panela grande (eu uso minha panela de pressão sem tampa), dê uma mistura muito boa a tudo e leve para ferver, mexendo a cada poucos minutos. Tenha cuidado, pois ele começará a cuspir à medida que se aproximar do ponto de ebulição! Deixe ferver por alguns minutos, depois abaixe para ferver e cozinhe por cerca de 30 minutos.
  4. Retire uma das colheres do congelador e mergulhe-a na frigideira. Retire e (sobre a pia) segure verticalmente e assopre - se ondular e ficar na colher está pronto. Se não, cozinhe um pouco mais e tente novamente.
  5. Retire uma jarra quente do forno, encha com a mistura de geleia a cerca de 1 cm do topo e limpe a borda da jarra com um pano de prato úmido. Aperte bem a tampa, coloque de lado e encha a próxima jarra até que tudo esteja pronto.
  6. Todos os frascos que você pretende armazenar para uso futuro devem ser fervidos por cerca de 10 minutos em uma panela grande com água (certifique-se de que os frascos fiquem em pé e totalmente submersos pelo menos 2,5 cm). Isso também é conhecido como "processamento em banho-maria". À medida que esfriam, o "botão" da tampa (aquele que não flexiona quando o pote é selado) deve entrar e não dobrar. Guarde em algum lugar fresco e escuro, uma vez resfriado.
  7. Se você está planejando usar a geléia imediatamente, deixe esfriar por cerca de 2 horas em temperatura ambiente e coloque na geladeira. Ou se você for como eu, faça uma cerveja, coloque um pouco em uma fatia de pão com manteiga ainda está quente e APROVEITE !!
  8. Depois de abertos, os frascos permanecem na geladeira por cerca de 2 semanas - se durar tanto!

Substituição

Esta receita e método também funcionam bem com geléia de amora e maçã!

Como esterilizar potes

Aprenda a esterilizar potes de duas maneiras com nosso prático guia passo a passo e vídeo.

Veja no meu blog

Visualizado recentemente

Críticas e avaliaçõesAvaliação global média:(2)

Resenhas em inglês (2)

Dei um pote para a minha vizinha e seu comentário foi "Eu comi uma torrada esta manhã, ooh estava bom. Não tem nem um pouco de efeito, não é" -25 de agosto de 2011

Doce demais, até mesmo um toque de sal que não entendo. Precisava de mais de 30 minutos para cozinhar. Não pense que eu iria refazer esta receita a menos que reduzisse o conteúdo de açúcar / adoçante e deixasse de fora a canela.-18 de agosto de 2014


O cozinheiro sazonal: ameixas

Por alguma razão, ameixas, para mim, evocam nanas, imagens de lindas flores e do campo inglês. A conexão com a vovó é fácil de explicar - ameixas cozidas costumavam ser um grampo na geladeira da minha avó, ela comia no café da manhã com muesli e iogurte, os sucos de ameixa criando a mancha mais bonita no branco do iogurte.

A ligação da flor também é óbvio que as ameixeiras são um membro da família das rosas e estão intimamente relacionadas com os pêssegos e as nectarinas, todas as árvores que produzem as flores mais surpreendentes na primavera. Eles são chamados de drupas (também minha nova palavra favorita), que se refere a frutas com uma única pedra. Eles também são parentes das amêndoas, e combinar ameixas com esta noz funciona tão bem, o que pode ser um caso de beijar primos.

Finalmente, a conexão inglesa deriva da velha crença de que as ameixas inglesas têm sabor superior, um mito que provavelmente se origina dos próprios ingleses. De um modo geral, existem dois tipos principais de ameixas: europeias e asiáticas, embora na verdade existam alguns nativos da Austrália, como o pinheiro e a ameixa Davidson. As variedades europeias, como a donzela, costumam ser bastante ácidas, enquanto as variedades de ameixa mais doce tendem a vir da Ásia.

As ameixas variam muito em cor e doçura. Há verde, chamado de ameixa greengage, todo o caminho até variedades com polpa branca a amarela, ligeiramente roxa e também vermelha escura. Mesmo as ameixas sanguíneas têm subtipos, como a mariposa, uma variedade ligeiramente azeda com uma bela cor vermelha, ou a satsuma, uma ameixa japonesa mais doce, com um sabor rico, mas com pele amarga.

Esta receita usa presunto e você obtém um sabor picante e picante extra de limão em conserva, que funciona tão bem com a ameixa doce e crocante de amêndoa.
Fonte: Benito Martin

Embora haja uma estação confiável para as ameixas (verão / outono), vários tipos amadurecem em épocas diferentes dentro deste período. A ameixa Santa Rosa geralmente está disponível no início, enquanto a maioria das ameixas vermelhas fica pronta no final da temporada e por menos tempo.

Os perigos do cultivo de árvores frutíferas

Passei algum tempo conversando com meu amigo Phil Lavers - um agricultor biodinâmico da Moonacre Farms, pois ele cultiva ameixeiras e, como todas as suas plantações, cultivá-las comercialmente usando práticas orgânicas é perigoso. Em primeiro lugar, é necessária muita água nos estágios iniciais para permitir que as ameixas cresçam gordurosas, no entanto, muita água muito rápido força as ameixas a incharem rapidamente, fazendo com que a pele se rache.

Depois, há uma pequena besta chamada lesma pera e cereja - uma larva de mosca que vive no solo no inverno antes de aparecer na primavera para subir nas árvores e comer todas as folhas. Sem folhas, sem flores, sem polinização, sem frutos. Muito vento? As flores são arrancadas da árvore e, novamente, nenhum fruto. O fator de resfriamento também precisa ser levado em consideração, que é o caso de muitas árvores frutíferas, e este é um cálculo que indica quantas horas as árvores precisam ficar expostas a temperaturas abaixo de 10 graus para produzir bem.

Decepções ameixas

Quando se trata de ameixas, nem tudo é o que parece. Em primeiro lugar, as ameixas umeboshi, provenientes da fruta ume, são aqueles deliciosos pedaços azedos e salgados usados ​​tão bem na culinária japonesa e que lembram as ameixas secas salgadas chinesas. A fruta Ume também é usada para fazer umeshu, um delicioso e suave licor de ameixa. O problema é que ume não é uma ameixa, é o fruto de uma árvore que está mais intimamente relacionada a um damasco.

Agora vamos falar de ameixa ou pudim de Natal. Tem ameixas nele? Não. Então, o que o pequeno Jack Horner estava fazendo no canto com o polegar? Bem, na verdade ele estava pegando passas, já que a palavra pré-vitoriana para passas era ameixa. Infelizmente, todos nós fomos enganados.

Secou como uma ameixa

Por fim, temos as ameixas secas, que são ameixas secas e, embora geralmente não sejam uma variedade em particular, muitas vezes são feitas de cantaria em vez de tipos de pedra aderente. As ameixas ruins costumam ser associadas como laxantes. Isso só é verdade se você abusar da indulgência que é o problema, não realmente a poda.

As ameixas são deliciosas, combinam perfeitamente com o chocolate e são particularmente deliciosas quando mergulhadas na bebida e colocadas no gelado. Eles também são usados ​​em preparações salgadas - pense em tagines marroquinos, porco assado francês com ameixa e a clássica sopa escocesa de Cock-a-leekie.

Bebida e comida

Há uma história mundial de vinificação muito séria e álcoois semelhantes a aguardente de fogo usando ameixas. Em Berta, nós também continuamos essa tradição, infundindo as adoráveis ​​ameixas de sangue de Phil em álcool, resultando em um digestivo deliciosamente espesso e ligeiramente forte.

Crumbles e tortas são ótimos lares para ameixas, tornando a crostata italiana uma forma particularmente deliciosa de usar a fruta. A geleia de ameixa também é uma delícia, as altas quantidades de pectina permitem, se desejar, criar algo semelhante a uma pasta de marmelo. E, claro, há a humilde ameixa cozida e escalfada, amada por nanas em todos os lugares.

Fotografia de Benito Martin. Modelagem por Lynsey Fryers. Preparação de alimentos por Suresh Watson. Prato de salada em ardósia de cor de lama.

Para experimentar a culinária de O Tama Carey, visite-a no restaurante Berta em Sydney. Curta a Berta no Facebook e siga o restaurante no Twitter e Instagram.


& # 8220Pudim & # 8221: O que há em um nome?

Quando eu estava crescendo nas décadas de 1950 e 1960, chamávamos o curso de doces no final de uma refeição de & # 8220pudding & # 8221. Na Austrália, naquela época, seguíamos a tradição britânica. Hoje, porém, é mais provável que os australianos chamem a parte final de uma refeição de “doces” ou “sobremesa”, tendo sido influenciados por tradições de outras partes do mundo, como os Estados Unidos da América e o Canadá.

“Pudim” também é o nome dado a um tipo particular de comida que faz parte da história culinária da Grã-Bretanha. Um pudim pode ser salgado ou doce. Os primeiros pudins conhecidos (na Inglaterra medieval) eram à base de carne. Os pudins doces à base de farinha, açúcar ou mel e frutos secos ou nozes foram introduzidos posteriormente e, no final do século XVIII, a maioria dos pudins era doce. Historicamente, um pudim era cozido colocando os ingredientes em um “saco” de pano e fervendo-os.

O pudim de “ameixa” de Natal, popular na Grã-Bretanha e na Austrália, segue essa tradição. Este pudim rico e doce contém frutas secas, como passas e sultanas (não ameixas) e a mistura semelhante a um bolo é colocada em um saco de pano hermeticamente fechado e fervida por várias horas. Lembro-me de minha mãe fazendo pudins de Natal dessa maneira, ano após ano.


Receitas de Crumble

Crumble é um pudim clássico que você pode saborear durante todo o ano, desde o reconfortante crumble de maçã e amora a toques modernos como manteiga de amendoim crocante de frutas vermelhas.

Crumble de maçã e amora

Raymond Blanc pré-cozinha a cobertura crumble para evitar crumble grudento e não cozido e reter a textura da fruta

Ruibarbo crumble

Faça este clássico crumble de ruibarbo para uma sobremesa fácil e familiar. Use ruibarbo sazonal e um punhado de ingredientes para fazer um pudim deslumbrante.

Crumble de maçã

Adoçar as maçãs com geleia de damasco e suco de laranja torna-as duas vezes mais frutadas e adicionar um pouco de xarope ao crumble de aveia dá ótimos cachos mastigáveis

Farelo de Ameixa

Use dois tipos de açúcar e amêndoas moídas para uma cobertura crocante perfeita, em camadas sobre ameixas com especiarias de canela


Receita de sal e tempo: risoto de cogumelos de trigo sarraceno

Um velho ditado russo diz: ‘Shchi da kasha pishcha nasha’
(boa sorte ao tentar pronunciar essa!), o que significa simplesmente
que a sopa Shchi e o mingau são alimentos básicos nacionais. Com o trigo sarraceno e os cogumelos entre os ingredientes mais antigos da cozinha eslava, que remonta à Idade Média, o mingau com cebola frita, cogumelos e ervas moles é um clássico indiscutível. Na verdade, nada pode bater a combinação de sabores doces, terrosos e amadeirados que esses ingredientes produzem quando misturados. Pensando em maneiras de elevar este prato simples,
Senti que todos estes sabores poderiam ser ainda mais realçados se cozinhados juntos na forma de um risoto, com a adição de alho, vinho branco, pinhões e um pesto de estragão picante. Tendo servido este prato em um de meus clubes de jantar, recebi o melhor feedback de um convidado que comparou comer o prato a um passeio por um bosque da Sibéria. Bem, bom apetite e aproveite o seu passeio!

ATENDE 4

20g de cogumelos selvagens secos 100ml de água fervente
2 colheres de sopa de óleo de girassol 1 cebola pequena, picada em cubinhos 400g de cogumelos castanhos picados
2 pitadas de sal
4 dentes de alho ralados
1 colher de chá de tomilho picado
1 colher de chá de salsa de folhas planas finamente picada, além de extra
150ml de vinho branco seco
respingo de molho de soja
400g de trigo sarraceno
600ml de caldo de vegetais
botão de manteiga sem sal
pitada de pimenta do reino moída na hora
50g de pinhões torrados, para enfeitar

Mergulhe os cogumelos selvagens em 100g de água fervente por 10-15 minutos. Enquanto isso, aqueça o azeite em uma panela média e frite as cebolas por alguns minutos até que estejam translúcidas, mas ainda não caramelizadas. Em seguida, adicione os cogumelos castanhos picados, duas pitadas generosas de sal e cozinhe em fogo médio por 5-8 minutos.

Escorra os cogumelos selvagens e pique-os grosseiramente. Reserve o líquido e coloque os cogumelos picados na panela, junto com o alho e as ervas. Cozinhe por mais 5 minutos antes de adicionar o vinho branco e um pouco de molho de soja. Aumente o fogo por 5-8 minutos para deixar o álcool evaporar e, em seguida, adicione o trigo sarraceno. Abaixe o fogo para médio e mexa bem até que o trigo sarraceno absorva todo o líquido.

Comece adicionando a mistura de caldo de cogumelos e o líquido reservado em que os cogumelos secos ficaram de molho, 100ml de cada vez, mexendo sempre. Deixe o líquido ser absorvido antes de adicionar os próximos 100ml. Continue até que todo o estoque se esgote. O trigo sarraceno deve estar quase cozido nesse ponto.

Adicione uma noz de manteiga e uma pitada de sal, feche bem com uma tampa e deixe descansar por 10 minutos.

Sirva com uma pitada de pinhões e algumas folhas frescas de endro e salsa.


Receita de geléia de ameixa da Nan - Receitas

Clare e Rob procuraram sua própria cinta ou grelha em uma loja de segunda mão em South Dunedin. Clare orgulhosamente nos entregou enquanto estávamos no jardim um prato de bolos de chá galês - eles estavam deliciosos!

Você pode usar uma panela pesada, de preferência de ferro fundido, em vez da cinta para fazer qualquer uma das seguintes receitas.

Bolos de chá galês feitos por Clare

Bolos de chá galês ou bolo Johnnies galês

Alternativamente, você pode adaptar a receita Pikelet de Nan.

Pikelets de Nan com raspas de limão e groselha colocados em uma teatowel de souvenir de Julia Deans & amp Anna Coddington
Na minha postagem anterior, eu dei a você Nan's Pikelet receita e ontem com minha irmã vindo tomar um café decidi adaptar a receita original conforme sugerido no livro de receitas "Everyday" de Hugh Fearnley-Whittingstall (um dos meus livros de receitas favoritos). Ele chama seus pikelets de Drop Scones. Decidi fazer os piqueletes da Nan com 50% de farinha branca e 50% de farinha integral com pedra de pedra para torná-los uma escolha mais saudável e acrescentei as raspas de limão raladas para dar-lhes um pouco de vigor. Como alternativa, adicione 1 colher de chá de gengibre em pó em vez das raspas de limão. Hugh sugeriu adicionar sultanas ao piquete assim que cozinhar na grelha. Decidi que gostaria de experimentar passas de Corinto. Você pode até fazer uma carinha sorridente com as groselhas ou sultanas para as crianças. Adoramos as groselhas e, embora os pikelets não sejam tão fofinhos quanto os de farinha 100% branca, você fica satisfeito comendo menos - o que é bom.

Scones Melaço

"Com um pedaço de pão de melado com manteiga na mão, um homem pode muito bem se sentir um deus."

.
É tradicional cortar scones Girdle em triângulos ou, como se costuma dizer na Escócia, farls
Os scones melaço são crocantes, leves, ligeiramente adocicados e picantes e um excelente chá matinal num domingo de manhã com os amigos.

225 g de farinha
1/2 colher de chá de fermento em pó
pitada de sal
1/2 colher de chá de especiarias mistas (usei, em vez disso, a mistura de especiarias Speculaas usada na Holanda)
1/2 colher de chá de canela
25 g de manteiga
2 colheres de sopa de melaço
150 ml de leitelho *

Coloque a cinta para aquecer lentamente.

Peneire os ingredientes secos e esfregue a manteiga com os dedos ou execute esta etapa em um processador de alimentos se precisar economizar tempo.

Misture o melaço e o soro de leite coalhado e com uma faca arredondada com cuidado e rapidez até que a massa se junte e saia das laterais da tigela de forma limpa. Dica misture sobre a superfície enfarinhada e polvilhe mais farinha por cima.

Amasse levemente para fazer um círculo aproximado. Desenrole suavemente com pouco mais de 1 cm de espessura e corte em 6 ou 8 farls. Coloque os scones na cinta - não unte a cinta.

A cinta deveria estar esquentando lentamente enquanto você preparava os bolinhos. Descobri que preciso colocar meu gás no ponto mais baixo e usar uma placa de cozimento, se houver, pode ajudar a distribuir o calor por igual, evitando queimar por fora e deixar o interior cru.

Cinto Scones após a primeira volta
O segredo para uma pele fina no scone de cintura é cozinhar lentamente - 6-7 minutos de cada lado e depois mais alguns minutos de ambos os lados até que as bordas pareçam secas - cerca de 15 minutos no total. Ambos os lados devem ser de um marrom dourado escuro.

Para mantê-los crocantes, você pode resfriá-los sobre uma gradinha ou, se quiser mantê-los aquecidos e macios, embrulhe-os em um pano de prato.

* Você pode fazer seu próprio leitelho adicionando 1 colher de sopa de suco de limão em 150 ml de creme de leite integral mexendo na bancada da cozinha por 10 minutos para engrossar. Ou faça uma mistura meio a meio de leite desnatado e iogurte desnatado.

Eles certamente foram um deleite hoje com nossos visitantes. Nós os apreciamos com manteiga e geléia de ameixa.

Agora você tem três opções de receita para tentar assar no fogão. Aproveite e me diga como você está.


A história continua abaixo dos anúncios

Oh sim, eu fiz geléia de maçã ... mais ou menos. No outono passado, um amigo trouxe alguns sacos de maçãs silvestres em vários formatos, tamanhos e cores, de quase branco e amarelo claro a um vermelho escuro e vinho. Eles pareciam perfeitos. Devo admitir que não fui paciente o suficiente para deixar o suco escorrer (tão lentamente) através da gaze (fabricantes de gelatina, cubra os olhos), então eu apertei a gaze um pouco. Na verdade, um pouco. Obviamente, os resultados não foram tão refinados quanto o produto do St. Lawrence Market, mas foram saborosos - e só por diversão coloquei um raminho de tomilho em cada pote antes de processar.

A experiência me ensinou algumas coisas sobre conservas e conservas, e sem dúvida continuarei a descobrir mais. Agora coloco minhas etiquetas nas tampas dos potes, por exemplo, para evitar ter que raspar do vidro mais tarde - e as tampas são recolocadas de qualquer maneira. Mas a lição mais importante pode ser ler e seguir as instruções com precisão. Quando as instruções dizem, por exemplo, "Ferva forte por um minuto, mexendo sempre", não conte apenas até 60. Use um cronômetro e mexa como se quisesse. Se você relaxar ou economizar, pode acabar com algo mais parecido com molho do que geleia ou geleia. Se for muito longo, a textura pode se parecer com uma bola de borracha da Índia. Infelizmente, você não saberá o resultado com certeza até que a geleia seja colocada em uma jarra, processada e resfriada à temperatura ambiente.

Certa vez, me distraí de um lote de geleia de pêssego e fervi por tanto tempo que começou a escurecer e a cheirar a caramelo. Tive que jogá-lo fora e gastei muito tempo de molho e graxa para limpar o açúcar endurecido do fundo da panela. Tudo faz parte do processo de aprendizagem. É tudo divertido e, em janeiro, posso abrir um pote de sol de verão. Não há nada igual.


Como o bolo de limão tem o poder de curar

Bolo pode curar tudo? A mulher por trás de um dos livros de receitas mais aguardados deste ano, Nadine Ingram, acredita no poder do bolo para se conectar com as pessoas e curar (o padeiro e o comedor). Sua potência de cozimento, Farinha e Pedra, que leva o nome de seu culto, a loja Lilliputian Woolloomooloo que ela abriu em 2011, documenta suas três décadas como padeiro. Está repleto de receitas para uma vida inteira (incluindo seu best-seller número um, Lamington encharcado de panna cotta que mudou o jogo). As páginas transbordam da generosidade de Ingram, os capítulos são turbinados com sua filosofia para o amor, a vida e a felicidade, e o livro é infundido por todo o seu espírito de família - 'Farinha e Pedra' tem o nome de suas duas filhas, Poppy e Ruby, e é escrito na placa de sua loja com a caligrafia cursiva de sua avó.

Ingram provavelmente não gostaria que seu livro fosse "bombado". Na verdade, a atenção que seus produtos assados ​​e o livro têm atraído (junto com sua recente nomeação para os vencedores de Chef de confeitaria do ano 2018 da Gault & amp Millau não são anunciados até janeiro de 2019) a deixa nervosa.

“Eu realmente odeio isso”, diz Ingram. “Se minha avó estivesse aqui, ela seria apenas,‘ Oh, Nadine. Puxe sua cabeça para dentro! _ Ela não ficaria satisfeita em ver os holofotes sobre mim. Eles [meus avós] foram ambos muito, ‘fique simples e continue simples. Não seja chamativo. ’”

Bolo de pêra, gengibre e avelã (Alan Benson)

É graças a sua babá e papoula, que "me deram a coragem e tenacidade para acreditar que eu poderia construir uma padaria como farinha e pedra", escreve Ingram em sua introdução ao livro cheia de alma. Sua avó foi a razão pela qual ela começou a assar - “principalmente scones e apenas fatias simples e biscoitos e coisas assim. Nada chique. Apenas boa culinária country, usando o que tínhamos ao nosso redor ”- mas não, como se poderia presumir, no colo de sua avó.

"Fique simples e simples. Não seja espalhafatoso."

“Sempre fui repreendido por não ter jeito na fazenda. Eu não gostava muito de ar livre. Então, eles [seus avós] apenas disseram, ‘Oh, Nadine. Volte para dentro. Você não tem jeito. 'Então eu voltava para dentro e fazia bolinhos.

“Foi algo que fiz de forma independente. Eu assisti minha avó fazer isso, e eu a vi colocá-los na mesa. Mas ela estava muito ocupada fora [trabalhando na fazenda] para me mimar. Então, eu estava por dentro descobrindo por mim mesma. Acho que isso se prolongou pelo resto da minha vida. Sou muito independente e não gosto de pedir ajuda e geralmente resolvo as coisas sozinho. ”

Pãezinhos de abobrinha, pimenta e gruyère (Alan Benson)
Fonte: Alan Benson

Fique tranquilo, porém, as receitas em seu livro são as mais distantes de você descobrir as coisas sozinho.

As receitas “são todas escritas como se eu estivesse ao seu lado segurando sua mão, que vou apertar suavemente se te vir prestes a cometer um erro ou usar leite desnatado!” entusiasma Ingram.

"Você sabia que quando um bolo está perfeitamente cozido, ele faz um som suave sussurrando."

Seu conselho mais importante para padeiros novatos e experientes é usar seus sentidos e intuição.

“Costumava haver uma jovem que trabalhava na nossa cozinha chamada Little Lucy e ela fazia os melhores bolos com limão. Quando perguntamos qual era o seu segredo, ela apenas disse: ‘Quando os coloco no forno, sorrio para eles antes de fechar a porta’. É essa intuição que tento encorajar, porque qualquer um pode fazer um bolo usando uma receita, mas você precisa usar seus sentidos - eles são os melhores amigos de um padeiro. ”

Bolo de chocolate, framboesa e leitelho (Alan Benson)
Fonte: Alan Benson

Talvez a lição mais alucinante de aprimorar (e confiar) seus sentidos e intuição seja a capacidade de ouvir quando um bolo está pronto para sair do forno.

“Você sabia que quando um bolo está perfeitamente cozido, ele faz um leve sussurro [quando você toca a parte superior do bolo] que alude à umidade escondida no meio, não tanto que esteja mal cozido, mas apenas o suficiente para dar ao bolo resfriado um migalha perfeita ”, sorri Ingram.

"Quando eu coloco no forno, eu sorrio para eles antes de fechar a porta."

Confiar em sua intuição rendeu dividendos para Ingram além dos bolos. Ela se arriscou a contratar pessoas que buscam uma mudança de carreira e é uma campeã de diversidade e gênero.

“Tenho 70 por cento de mulheres na minha cozinha, com experiências culturais e profissionais diversas”, diz Ingram. “Da próxima vez que você comer bolo de farinha e pedra, ele poderia ter sido feito por um ex-cientista, jornalista ou engenheiro.”

Bolo de cenoura saudável com cobertura de cream cheese (Alan Benson)
Fonte: Alan Benson

E não é apenas em sua cozinha que ela é uma mentora. Sua generosidade se estende ao apoio a outros padeiros (como quando Michael e Pippa James, do famoso Tivoli Road Bakery, de Melbourne, lançaram seu livro de receitas e a editora não tinha fundos suficientes para um lançamento em Sydney, Ingram disse: “Venha. Faça o lançamento aqui. vai ser ótimo. ") e artesãos locais (é por isso que você encontrará ricota de leitelho feito à mão em pequenos lotes da Kristen Allan Cheesemaker estrelando ao lado de bolinhos de massa azeda ainda quente na Farinha e Pedra).

“Apoiar pequenas empresas locais é o que fazemos de onde venho [sendo criado no país]. Eu sempre pagaria a mais, ou mais, por uma pequena empresa local, especialmente uma administrada por uma mulher.

“Eu sempre tento procurar pessoas com quem sinto que tenho algo em comum”, diz Ingram.

Essa conectividade é fundamental para explicar por que ela cozinha.

“A questão é que todos nós desejamos a conexão humana de coração, mais do que precisamos de dinheiro. Há toda uma geração de pessoas que cresceram sem comer em torno de uma mesa e você deveria ver seus rostos iluminarem-se quando alguém colocasse um pão de ló na frente delas, é como um abraço.

“O poder de cura do bolo não deve ser subestimado.”

Qualquer pessoa que pacientemente ficou na fila de 20 pessoas em suas instalações na Riley Street (ou barracas de mercado nas manhãs de sábado) para colocar as mãos em uma porção valiosa - talvez uma fatia de uma elegante torta de maçã (que está na capa dela livro), ou bolo de baunilha com três camadas à moda antiga (é isso em toda a sua glória acima) ou seu segundo best-seller, o bolo com gotas de limão - pode atestar o poder de cura que Ingram e sua equipe de padeiros incorporaram cada mordida.

Quando você morde uma fatia de bolo de limão, “aquele sol de limão é a quintessência da felicidade”, diz Ingram.

Vamos pegar três fatias de felicidade, obrigado.

Cozinhar o livro

“As receitas e histórias derivadas da educação do meu país e de meia vida passada em algumas das melhores cozinhas do mundo”, diz Ingram. “Da receita de bolinho de pêssego da minha avó a uma tarte de maçã Tatin concebida a milhares de quilômetros de distância na cozinha de Le Gavroche, em Londres.

“Eu cozinho há quase 30 anos e não há atalhos. Meu desejo é que eu espero que alguém em sua família ainda esteja se recuperando das páginas pegajosas do meu livro nas próximas gerações. ”

Bolo de pêra, gengibre e avelã

Este bolo começou como um humilde bolo de chá de gengibre, mas, com a adição de peras escalfadas e nozes torradas, ele se transformou em um reconfortante bolo de cabeça para baixo que é perfeito para um pudim de inverno.

Pãezinhos de abobrinha, pimenta e gruyère

Esses pãezinhos têm um culto de seguidores entre nossos clientes matinais. Torradas com manteiga e uma pitada de sal marinho é o jeito que rolam.

Bolo de chocolate, framboesa e leitelho

Este é o mais fudgiest de todos os bolos de chocolate que eu conheço e é perfeito mesmo sem as framboesas por cima.

Bolo de cenoura saudável com cobertura de cream cheese

Todo mundo sabe que o bolo de cenoura é apenas um veículo para o glacê de cream cheese. Não estou de forma alguma tentando enganar quando digo que este bolo é saudável - está escrito nele. Embora talvez minha referência pretenda refletir a variedade mais espiritual de "saudável". O tipo que te faz sorrir e sentir que não pode haver nada de errado no mundo.

Receitas de Farinha e Pedra, de Nadine Ingram (Simon & amp Schuster Austrália, US $ 55, fotografia de Alan Benson).


Tau Fu Fa caseiro

Tau Fu Fa é uma sobremesa chinesa muito popular, comida quente ou fria. É feito com leite de soja coagulado, servido com calda de açúcar. E, claro, sendo soja, ela tem muito valor nutricional.

Depois de muitas tentativas de tentar reduzir o conteúdo de gesso, acredito que aperfeiçoei a textura. O tau fu fa era tão suave como a seda que simplesmente desce pela garganta. Tão macio, parecia quase como engolir ar.


Tive de tentar reduzir a quantidade de gesso ao mínimo, pois no dia seguinte tive a temida dor nas costas. Esta é minha sobremesa favorita, então não posso deixar de devorar tudo em um dia. Fico feliz em informar que a receita a seguir não me dá dor nas costas e, portanto, posso comer o quanto eu quiser.

Rende: 1 litro de creme de soja

Ingredientes
1 litro de leite de soja fresco fervente

Solução de configuração
1 colher de sopa de farinha de milho
& # 189 nível de colher de chá de gesso em pó (sulfato de cálcio)
& # 188 xícara (63 ml) de água fria



Método
1. Para fazer o leite de soja, siga as etapas 1-7 aqui

2. Em um copo pequeno, misture a solução de configuração.

3. Despeje o leite de soja e a solução de configuração simultaneamente em outra panela limpa.

4. Mexa rapidamente a mistura e cubra com um pano antes de tampar a panela. Deixe por 30 minutos. Seja paciente. sem espreitar!

5. Se houver uma película fina em cima do tau fu fa, retire-a. Para servir, retire em camadas finas para uma tigela. Adicione o xarope de açúcar a gosto.

Melaço de cana
2-3 colheres de sopa de açúcar
& # 188 xícara de água

Microondas até que o açúcar se dissolva.

Este é um vídeo muito curto de 1:51 minuto do processo passo a passo de fazer Tau Fu Fah.
Música que acompanha: Saber Dance de Vanessa May

Gorjeta
Você pode ferver seu xarope de açúcar com um pouco de pandan ou gengibre para dar um sabor diferente.


Observação :
1. Tente não mover ou sacudir a panela durante o período de descanso.

2. Quanto mais gesso você usar, mais dura será a textura do tau fu fah.

3. Muitas pessoas não gostam da ideia de usar gesso, mas esta é a única opção disponível na Nova Zelândia.
Gostaria de citar aqui os benefícios do sulfato de cálcio que ocorre naturalmente no gesso.

Um constituinte do tecido conjuntivo, membranas mucosas e pele. O sulfato de cálcio ajuda a eliminar os acúmulos de matéria em decomposição não funcional. Caso contrário, este material pode permanecer dormente ou se deteriorar lentamente e danificar o tecido circundante. O sulfato de cálcio é benéfico para a cicatrização lenta de feridas, durante o último estágio de supuração, para espinhas, furúnculos, carbúnculos, úlceras, abcessos, etc. Instituto de Medicina Bioquímica

93 Comentários:

Uau, você fez leite de soja e tau fu fa! Não gosto muito de leite de soja, mas de creme de soja (ou pudim, como eles chamam aqui às vezes) que adoro. É satisfatório, mas leve ao mesmo tempo.

Uma nova receita adorável, eu vejo! : D

Existe algum outro produto que eu possa usar para substituir o sulfato de cálcio porque não o encontro: S
Ou talvez você saiba onde conseguir isso?

e Vancouver,
Eu também, me dê uma tigela de tff a qualquer hora.

alex,
O gesso é mais comum. Comprei o meu na mercearia chinesa. Eu os importunei por meses para estocá-lo. Ou você pode tentar perguntar à sua farmácia se eles vendem gesso de qualidade alimentar.

Porque vivemos no mesmo país, acho que você pode facilmente conseguir pó de gesso na mercearia asiática de Taiping. Fui às compras naquele dia e vi que eles estocavam muito pó de gesso.

Mas você está certo, 1/2 colher de chá de gesso é a quantidade perfeita usada. Cuz minha mãe amiga de HK nos ensinou o mesmo método, mas ela não usava farinha de milho.

Obrigado pela receita Tau Fu Fah. Mal posso esperar para fazer isso. só tenho que pegar um pouco de gesso primeiro!

Aprecie seu vídeo passo a passo.

s cachorrinho - comprei o meu em Lim Chour.

tricia - adoraria saber como ficou o seu. Você é muito bem-vindo.

Não consigo encontrar gimps aqui. Em vez disso, consegui falar com Nigari. Agradeceria se você pudesse explicar como eu uso Nigari no lugar de gesso. Quantidade e também método de combiná-lo com o leite de soja.

Zarina,
Lamento não poder ajudá-lo com o nigari, pois nunca o usei antes.

Obrigado! Vou continuar minha busca.
Mas devo dizer que realmente gostei do seu vídeo rápido. Você faz com que pareça tão fácil!

Hoje ao ler algumas receitas. Eu vi o uso de Nigari para fazer tofu. E eu vi o uso do Nigari em comparação com o pó de gesso? Eles disseram que se você usar 1 colher de chá de pó de gesso, você só precisará usar 1/2 colher de chá de Nigari. Então eu acho que neste caso se usar 1/2 colher de chá de gesso. Então, 1/4 colher de chá de nigari deve ser equivalente a 1/2 colher de chá de gesso em pó.

Just reduce half the amount of nigari compared to gypsum powder.

Hi Sinner,
Made Tau Fu Far using your recipe today and it turned out beautifully. The amount is just right for a family. The recipes that I get from books are usually for such a big quantity that it's too difficult to make and too much to eat. Your recipe is just right for my family and I even have some left over to make taufu for steaming, served with oyster sauce and spring onions the next day!
Obrigado novamente.

Jackie,
Glad you like the tff. Did you press the tff to make a firmer tofu or left it soft like Ipoh tofu ?
Obrigado pelo feedback.

I lined my small plastic vege strainer with cloth and left the taufu in it . left it in the fridge to strain the water out and got a soft taufu for steaming. This took out the water without making the taufu too hard.
Will be attempting to make your springy beef ball soon. Thanks again for sharing your recipes.

Jackie,
Thats a good easy way of turning this tff into soft tofu.
Obrigado pela dica.

thank you so much for your wonderful recipe!:)

Kaz, you are most welcome. I am guessing you like your soy curd :)

Hi Sinner,
Thks for sharing this delicious recipe. The tofufah is indeed very smooth n silky. I made some last evening n my family loved it!!

Susanna,
I am so glad the tofu fah turned out well for you :)

I use GDL(glucona delta lactone) available in baking stores instead of gypsm.I believe that is a better and healthier.

Oi,
I tried ur recipe but the tau fufa was flakes rather than actual tau fu fa and there was loads of clear liquid on top. I made the soy milk with a soymilk maker. How do I figure out where I went wrong?

Hi LL,
If you have followed the recipe deligently and still get flaky and watery tau fu fa, you might want to have a look at my homemade soy milk and compare the ratio of beans to water content with yours.

I have never used a soy milk maker before so have no idea of the milk concentration. If you continue getting flaky tau fu fah you might have to increase your gypsum.

you're my new heroine!! Last time I attempted to make it, it failed miserably. I'll try your proportions and see how it turns out

P & J,
Would love to hear if the soy did turn to 'custard' - literally )

Oi!
i finally succeeded in making the tau fu fa! It's still not as smooth as yours but will try to double strain it next time.
Obrigado!

LL, Thanks for coming back and letting me know the outcome. But I am very curious. did you have to reduce the water in your soy maker or add more gypsum ?
I find muslin is the best but if you don't have that even a pair of new stocking is good for sieving.

Oi,
I gave up on the soymilk maker-it just was not getting enough concentration on the milk-there is a minimum amount of water you need to put and if you put too much beans it didn't work as well. So I did it with the exact quantities with a blender. I followed ur instructions to the letter. It set but not as smooth as yours. Wonder whether you could throw some light to any further tips I can improve on?

LL, getting it to set in my opinion is the hardest part. Now that you have got that sorted , you can work on the smoothness. I do everything as per the video so have no other tips to offer. Maybe like you said, sieve it a few more times through the muslin.

Thanks for sharing this recipe. I love your blogs. i have been trying different ways to make my tofu fah silkier and softer than before. With this recipe, if i want my tofu to not be as soft, should i increase my gypsum or decrease the amount of water used in making soymilk? thanks in advance. Nina

Nina,
If you want firmer tofu, press the curd with heavier weights and leave it on longer until the desired firmness.
If it is still not firm enough to your liking, you can increase the gypsum as well on your next trial.

Hi, I am staying in moscow, and I don't know where can I get gypsum powder. I would like to try your recipe too, any other way out? I saw a comment stating using GDL (glucano delta lactone). O que é aquilo? and what should be the portion? I really hope to make one cause we can't get any tofu fa here in moscow. And I really miss having it.

Hi suet yin,
I have heard that you can make tau fu fah with lactone but we can't get lactone here, only gypsum. No idea what lactone is, how much to use or even what types of shops will stock it.

Good luck with your search.

Tried this recipe today (even made the soya bean milk from scratch according to your recipe) but FAILED :( The setting was ok .. but my tofu fah looked "scrambled". I think I need to sieve the soya bean after boiling it to get the smooth texture cos I noticed my soya bean milk has a lot of bubbles. I'll try again and let u know the result! Thanks for the recipe :)

You are nearly there ! Experimente isso. increase your gypsum to 3/4 tsp and if it sets, you can gradually reduce in your next trial until you get to a point where you are comfortable with the texture.

Because yours is 'scrambled' the bubbles are all over the place. The bubbles should float as you boil the soy milk. Keep skimming to get rid of as much as you can.

If you observe a tofu fah stall back home, when they open a new container of tofu fah, you will notice they will skim off the top layer to get rid of the 'rough' first layer. And then thereafter (in between customers) they will skim off the water before they scoop.

If you think your soy milk is not smooth enough, sieve it a few more times through a muslin before boiling.

Hope to hear good news soon :) . Finger crossed.

I just visited your website..ohh..I knew this homemade tau fu fa coz my mother did teached me how to make this when I was kid. But we didn't use cornflour.

Anyone of you can't get gypsum powder, you can use Gua Suam instead of gypsum powder.

Gua suam available in bakery shop.

I've tried making soya bean milk and the tau foo fa using your recipe (using GDL instead of gypsum powder).

However, I've encountered this problem whereby the texture of the tau foo fa changes drastically after 2-3 hours. And it turns bad the following morning even though I kept it in the fridge.

As for the soya bean milk - it is still fresh the following morning when I keep it in the fridge.

Any pointers on where I have done wrong for the tau foo fa?

Sorry can't help you as I have no experience or knowledge of GDL.

i tried to make the tff today using unsweeted soya bean milk rather than making my own one.

Followed the rest of the steps and the end result is still watery.. So I was just wondering maybe the soya bean milk purchased in the shops does not contain enough soy in comparison to the soy milk that you make.

SO maybe I need to put less milk and maintain the amount of all other ingredients or put the same amount of milk and bump up the amount of gypsum powder.

I would suggest you make the soy milk from scratch.

Hi Sinner,
I was making soymilk and tau hu fah yesterday..the result of the soybean custard was too lumpy..and didn't look like a tauhu fah.Maybe my soymilk was too watery or other problem?

Ching Sheng,
Did you follow my recipe for making the soy milk?

Yea..i do..is that got problem with the gypsrum powder?Thanks

Andy,
If you have used the exact setting ingredients as per this recipe without any substitution or omission and the custard is still lumpy, try adding an extra 1/4 tsp of gypsum.

What is the health danger of using gypsum powder? I would like to know this before making this recipe.

You are best to 'google' for that information.

My tau fu fah is settling now. Another 25 minutes to go. Sem espreitar! :) Thanks for sharing your recipe!

Oooo. the suspense !
Yvonne do please share the result.

Would you mind giving an idea how much 125g of beans would be? ou seja, half a cup/a third of a cup? I'm a student and dont want to spend 20 pounds on a weighing scale just for this! Obrigado!

You would most probably be buying whole soy beans. Unfortunately I don't have any whole beans to measure out for you.

What I would suggest though is you weigh it at the shop you are buying the soy beans from. That is what I usually do if I want to buy a specific weight without any extra for a recipe.

The weight and water content of the soy milk is very crucial to the sucess of the tau fu fa. Too dilute and it might not congeal. Too thick - your tff might not be as soft.

I am excited to try this. Do you know if gypsum powder is safe? I am paranoid as I am pregnant. I can't seem to find any definitive info online about it. Obrigado!

The best person to ask might be your doctor. I am just trying to think whether I have ever seen a pregnant lady eat tau fu fah at a hawker stall back in Msia. Tell your doc the amount of gypsum per bowl is only about one-eighth of a tsp.

Or the best bet might be to dream about it but wait until after the birth. lol

Thanks for the wonderful recipe. My tofu fah turned out very nice.

Nice nickname ! I can see you love your tofu :) So glad your tofu fah turned out well.

I was looking for Tau Foo Fah recipe and came across yours. Obrigado pela receita.

Gypsum Powder isn't really a safe option to use as compared to GDL. Gypsum Powder is also an ingredient to make plaster boards.

GDL is a naturally-occuring food additive used in honey, fruit juices and wine. GDL yields rougly the same amount of metabolic energy as one gram of sugar.

I suggest if u can get GDL all the better, tau foo fah sold by hawkers in Malaysia uses Gypsum Powder so better to make your own tau foo fah.

thanks for sharing one of ur favs. was just wondering if the recipe can be suitably doubled as i was thinking of making some for a gathering of friends.

If you have already tried it and has been sucessful, then by all means double it.
Your friends will love this.

Uau. you even made tow foo far from home. this is really skillful. I love your pictures and cooking. looks really good

Thanks Alex. No choice but have to make my own since I love tau foo far ! :)

my ttf didn't work.. only the bottom got hardened and that part tastes grainy.. I guess there is still a strong bean taste. idk. going to try again

tori, don't give up. Continue tentando. You will get good result in the end.

Hey Sinner,
Thank U for your recipe, I am living in Saudi Arabia and cant' find gypsum here but I just wonder is it the gypsum that people used to make statue or act like cement to mend holes in toilets etc. Please kindly advice TQVM

I understand your frustration of not being able to source ingredients. Yes, some of the uses of gypsum are as you described but to be on the safe side, you need to try and get the foodgrade gypsum. How about asking a pharmacy ?

My Taufu fah seems to set and the surface looks ok. but its too soft. could it be that i need more gypsum? or more cornstarch or simply let it set longer?

I assume you have eaten your taufu fah by now. Was it set ?

hye sinner..
few days back i've tried making hard tofu using a recipe found in youtube n it turned out well.. but instead of using gypsum, i used lime juice.. but i'm not sure how much to put to make taufufa.. for the tofu ive made, 4-5 limes (i used limau purut) for 1kg soybeans.. how many limes do u think should i use to make taufu fa? (just approximation will do) thanks =D

I alway make taufufah using gypsum. If you want it more firm and soft, you can add more corn flour. try it double.. :)

recently I try using GDL. but it taste a little bit sour. I try reduce the GDL but it make taufufah too soft and yes it reduce the sour but the sour still there.

do you know if there any ingredient to add to improve the taste if we using GDL.

Gypsum is not good for your health especially for your kidney. Its time we change the recipe to GDL. It made from fruit from fermentation.

if use lime juice or vinegar , do i still need the corn flour??-man

I try this, but my country don't have Gymsum power, Other else.
It only have the Lemon Juice, So anyone tell me how to use Lemon juice to make tff? and it need to use Corn flour to make it soft?

i tried your recipe 3 times .
the texture was superb but the TFF tastes sour .
any idea what went wrong here.

Just a couple of questions :
1) Have you tried drinking the soy milk before the TFF stage? Did it taste sour ?
2) Did you use any lemon juice or citric acid to soak your beans or add any to the TFF ?
3) How fresh are the beans ?
4) Did you add any other ingredients besides those specified in my recipe ?

hi , why my tau fu fa melt and the tau fu fa tasteless. how i want to serve 10 peple. plese how.

can you tell me where i can get gypsum powder

I got mine from the Asian grocery shop.

Hi again, munching on the boiled peanuts as I write - it was still a little crunchy but that's exactly how I like it so that worked wonderfully. I did however triple the amount to fit my pressure cooker (that's my excuse and I'm sticking to it, lol). Soy custard - bought the gypsum from the grocers, it said plaster powder so hmmm. will try it anyway. Meantime after searching exhaustively :P managed to find GDL online, for yr Aussie fans go to The Melbourne Food Ingredient Depot. Btw, Sinner, will your recipe work using bought soy milk coz the last time I attempted to make Japanese tofu my kitchen looked like a tofu bomb exploded in it. my bad, shld have kept hand over blender lid, haha.

Hi sookiemac,
You are pretty brave to triple the quantity on the first attempt but glad you are happy with the braised nuts.

This recipe for soy custard will not work with bought soy milk as you do not know how thick the bought milk is or whether they have put in additives.
My gypsum also says plaster powder. Don't worry, I am still alive ! lol
If you are using GDL then you will have to experiment with the quantity required.
Boa sorte.

Hi sookiemac,
To protect your privacy, I won't publish your last comment so you don't get spammed.
Thanks for your offer of GDL but I did managed to get some from Spore but it has been sitting in my freezer unused for 2 years.

Going by some of the above comments from a few readers, it appears GDL can have a bit of a sour taste. I don't think I like the thought of eating sourish tau fu fah so haven't experimented with it so far. Cheers :)

Hi Sinner, np. Am waiting for GDL delivery and time to go get the soy beans/granules. Will let you know how that goes.. meantime, I hosted today's weekly mahjong (made Thai beef salad) and have told the ladies abt your great blogs. cheers!

Hi Sinner, got my supplies of organic soybeans, GDL and gypsum and ran a number of batch tests. I'm happy to say the best results was a combination of GDL (glucono delta-lactone) and gypsum with no sour taste and an incredibly smooth soft custard. Using your instructions I cooked up 2 liters of soy milk and poured that into a mixture of 1/2 tsp gypsum, 1 1/2 tbsp cornstarch, 1/4 tsp + 1/8 tsp GDL (sorry, couldn't work it out any other way) in 100ml water. Did that twice with identical results. cheers!

Hi sookiemac,
When I saw your comment this morning, I jumped into action and soaked some soybeans. Tried out your recipe - halved it as I am the only person eating it.

I rummaged through my measuring spoons and couldn't find 1/8 tsp so weighed the GDL (how is that for accuracy). lol

I have already eaten 2 bowls of hot soft smooth soy custard for lunch. Great..as it is such a cold blustery day. You are right - no sour taste.

Thank you so much for sharing details of your experiment. I guess you will be serving your mahjong kakis with hot custard soon :)

I've tried this three times now, the first time with homemade soy milk that I made from soybeans, the last two times with unsweetened soy milk I bought in Chinatown (only ingredients: water and soybeans). The first time it didn't work at all really and the next morning was liquefied completely into soy soup. The last two worked better (the third time I just put the coagulant in the bottom of a pot and poured the boiling soy milk on top and let it sit there, without any stirring or moving at all, that worked best.) But again, this morning I've lost my nice smooth silky blocks and it's disintegrated into "scrambled" lumpy curds. I wonder what's wrong? Have you successfully managed to make this and keep it overnight? Or must it be eaten immediately? I wonder what is wrong. Do you bring your soymilk to a boil and then continue cooking to a certain temperature? Or just as soon as it boils mix in the coagulant? Also, I don't understand the correlation between backaches and gypsum - why would gypsum cause backaches? Thanks for any help, I'm so frustrated!

How much soy bean did you use? How much water to use with the soy bean to get the 1 liter of soy milk? It didn't specify in the ingredient section. Please advice, thanks!

for the recipe for the soy milk, please click the 'soy milk' link in either the ingredients or the 'here' link in Method, step 1.

hi sinner
i also followed your recipe on doing the tau fu fa (TFF) with the recipe of soya milk but the TFF did not coagulate. its still lumpy. I used the gypsum powder and corn flour but still failed. Please advise. obrigado

MamakStall: Greetings fellow foodies. For those concerned about consumption safety of Gypsum (Calcium Sulphate), here is a reputable link for your perusal: http://www.livestrong.com/article/299617-foods-high-in-calcium-sulfate/

There is industrial grade gypsum used in manufacture of dry wall/plaster board (so don't punch a hole in the wall to mine the gypsum!) and then there's food grade gypsum which is widely used in yeast, beer brewing, breads etc. Hope this helps.

Sinner - tried your TFF recipe today and it came out flaky most probably 'cause I used a Soy Milk maker - milk was too thin. Will try again with soy milk made from scratch the ole fashioned way. Failure is not an option esp. since I need to feed my craving for TFF - next batch of beans are already soaking! Thx for the recipe.

Hey sinner, followed your recipe with homemade soy milk, tff turned out lovely, very wobbly and silky! Many thanks

Hi Sinner,
I've made soy milk and tff a few times usimg your recipe and they turned out great. Thanks for sharing. Just made another batch today. Gostoso!!

Hi Sinner, tried your recipe several times when we were still in Msia with home made soy bean milk bought froma stall. Worked out fine every time. Now we're in Melbourne and it is winter. This morning I tried making tff again using soy bean milk bought from an Asian store. Didn't set nicely like when we were back home. Looks scrambled. I suspect it must be the temperature or the soy bean milk. I have started a second batch and place the pot in a heated room. Let's see how it turns out.

I tried two failed attempt on tau foo fah until I chanced upon your video. It was successful at least I get it to set but I didn't get that silky smooth texture. Can you shed some light as to where I went wrong?

Hi Sinner. I just tried your recipe and it was awesome! I substitute the gypsum with GDL and I still got the silky smooth texture and delicious taste, and it's quite firm despite the soft smooth texture. I used the Canadian soybeans as they said Canadian soybeans has the best quality among soybeans. The soy milk was delicious as well. I couldn't thank you enough for this recipe. Going to try for bigger volume tomorrow.

Just one question, how long do you think this taufufah will be able to last before it became spoiled?

Hi Haziq Zuhair, may i know the ingredients of your coagulant using GDL? Obrigada.

Hi Dennis. Same measurement as the gypsum. I just substitute it with GDL. no change in quantity.

1/2 tsp of gdl? Because i use 3/4 tsp of gypsum, when i use 1/2 tsp of gypsum it didn't turn well, and your tau foo fah using gdl has a sour taste or not mate? Thanks for your answer

yeah, exactly as mentioned in the recipe. no sour taste, it turn out pretty well. :)


Tuesday, February 23, 2010

Grape Jam

Who would have thought I would one day be making jam out of grapes from my own backyard ! I managed to pick about 5 kilo from an unruly grape vine and it seems too much of a waste to give them all to the cows.

No idea of the variety but these were not tart. Only the purple grapes were used. The lucky cows (Scarry and Baby) were given all the green ones.

The actual act of cooking the jam is fast. It is the prep that takes a bit of work. First the skin has to be separated from each individual grape and then the seeds removed. I did all the prep work while watching TV at night.


It is a nice jam. Actually it tasted much like plum jam. Will I make it again. yes definitely. if I can gather enough grapes from the garden. It is worth the effort.

No pectin or setting agent is used as the jam sets beautifully with just the addition of some lemon juice.

Ingredientes
2 kg 'purple' grapes
1 kg sugar
2 colheres de sopa de suco de limão

Método
1. If you do not have a thermometer for testing the setting point, put 2 saucers into the freezer for use later to check the jam's setting point.

2. Remove any unwanted spoilt grapes. Rinse. Squeeze each grape individually between the thumb and index finger. Put the flesh and juice in one pot and the skin in the food processor.